Rebotec Brasil em contagem regressiva

Rebotec Brasil em contagem regressiva com destino à Paris levando Luiz Alves e Santa Catarina no maior evento da construção civil mundial.

A BATIMAT acontece nos dias 04 a 08 de novembro e vai movimentar o setor com a presença de mais de 1800 expositores/empresas e negócios de vários países.

A estimativa de público,  segundo os organizadores é de uma visitação de mais 300 mil pessoas vindas de 150 países.

“É um momento muito importante para a empresa e graças ao apoio de toda nossa equipe está sendo possível. Somos muito gratos e esperamos fazer jus as expectativas”. Comentou Francisco Carlos Tironi, sócio da empresa.

Francisco Carlos Tironi, em entrevista ao apresentador Joelson dos Santos do programa Balanço Geral da RIC TV que vai ao ar sábado (12)

Tironi que se prepara para ir a França nos próximos dias tem aproveitado o tempo no Brasil para participar de várias entrevistas na imprensa local e regional, falando especialmente sobre a inovação e a tecnologia que a RobetecBrasil vem trazendo como diferencial para a área de construção civil.

 


Da esquerda para direta Francisco Carlos Tironi, Sócio; Silvano Souza Diretor Comercial; Joelson dos Santos Apresentador RICTV; José Carlos Macedo, Ass. Comunicação nos estúdios da RIC TV em Blumenau.

 

 

 

 

 

REBOTEC presente na 1ª FECOUM em Umuarama PR

A feira movimentou o setor da construção civil e imobiliário no mês de setembro

 

 

Com o apoio da administração Celso Pozzobom e liderados pelos empresários Ronie Perini e Júlio Meloni, do ramo imobiliário, e o publicitário Leonardo Revesso, aconteceu de 26 a 29 de setembro a 1ª Fecoum – Feira da Construção de Umuarama.

O evento que contou com a presença de várias empresas do segmento do setor da construção e imobiliário aconteceu no Pavilhão de Indústria e Comércio do Parque de Exposições Dario Pimenta Nóbrega e já passa a fazer parte do calendário de eventos do Município.

A Feira reuniu todo o setor da construção em um único lugar com a finalidade de promover e fomentar mercado, criar oportunidades comerciais e servir como referência para a promoção do que a de melhor no setor.


Da esquerda para direta (Dilson Silveira, Representante Rebotec, Dulce Maria Barreiros Pozzobom 1ª Dama, Celso Pozzobom, Prefeito, Marcos Amorim Vendedor Rebotec

O prefeito Celso Pozzobom que esteve em visita aos stands parabenizou os empresários, pela iniciativa. “Somos parceiros da indústria e do comércio sempre estaremos estimulando eventos como este que visam o aquecimento econômico que é tã importante para o município. “ Comentou o Prefeito


Dilson Silveira representante RebotecBrasil, satisfação com os ótimos resultados da 1ª Fecoum

“A RebotecBrasil não poderia deixar de estar presente neste importante evento para a região levando solução de impermeabilização na construção civil. Nossos agradecimentos a toda a equipe organizadora e também aos nossos colaboradores que contribuíram para que a presença da RebotecBrasil fosse um sucesso” Finalizou Dilson Silveira, representante da Rebotec na região.

Impermeabilizando a Piscina para o Verão

Para quem quer curtir com tranquilidade a piscina no verão, essa é a época ideal para construir ou reformar. Tomar os cuidados necessários com a impermeabilização na hora certa, minimiza os riscos de problemas futuros com a obra e impede as indesejáveis infiltrações que todos nós tememos. Neste post, iremos lhe passar alguns passos e o produto certo para você ter sucesso na sua obra com o Rebotec!

COMO EVITAR

De acordo com o nosso Técnico, para garantir os melhores resultados na sua obra, a sua impermeabilização precisacomeçar na construção, uma vez que toda a fundação está protegida com Rebotec, sua obra já começa a ter sucesso. Se realizado corretamente, o procedimento impedirá que as estruturas sejam pegas pela umidade, protegendo-as contra desgastes, fissuras, fungos, corrosão das armaduras e outros problemas.

IMPERMEABILIZAÇÃO EM DETALHES

Não é apenas a área externa rente ao solo que deve ser impermeabilizada. Toda a superfície interna da piscina que está em contato com a água deve receber o procedimento também. Fazendo os procedimentos certos, sua obra está impermeabilizada.

Assim que a impermeabilização for concluída, deve-se fazer o teste de estanqueidade, enchendo a piscina por 72 horas para verificar se ocorrem vazamentos ou variação no nível da água. O teste é fundamental, pois será nessa análise que verificamos as falhas e podemos resolver o problemas com tranquilidade.

FALHAS COMUNS NA IMPERMEABILIZAÇÃO

1. Ausência de projeto que auxilia no decorrer.
2. Escolha inadequada de materiais de qualidade para a impermeabilização.
3. Falhas nas juntas e emendas.
4. Não execução de rodapé de impermeabilização 20 cm acima do piso acabado.
5. Execução da impermeabilização sobre base úmida ou empoeirada, que compromete a aderência, gerando bolhas que poderão ocasionar deslocamentos e rupturas.
6. A não espera total pela a cura.
7. Não realizar impermeabilização da piscinas apenas no assentamento cerâmico e rejunte, siga as instruções de uso corretamente para concreto, contrapiso e reboco.

Passo a Passo com Rebotec

O Rebotec pode ser utilizado desde o fundamento até o reboco em caixas d’água, tanques e piscinas. Você pode seguir o traço habitual desde que esteja em conformidade com a respectiva NBR, apenas adicione Rebotec na mistura.

 

Mais informações sobre as linhas de produtos, acesse o nosso site: www.rebotecbrasil.com.br. Para dúvidas, o contato com a empresa podem ser realizados pelo SAC no site da empresa.

Nos vemos em nosso próximo post, até lá!

4 passos para acabar com a umidade no rodapé

A Umidade em rodapé acontece porque o solo sobe pelo alicerce e se infiltra pelas paredes, sem que você perceba. Os problemas São: manchas e bolhas na pintura, reboco ESFARELANDO, mofo, e o apodrecimento dos rodapés de madeira e dos carpetes. Além do prejuízo para o seu bolso, essa umidade faz mal à saúde, causando problemas respiratórios e alérgicos.

Como evitar

A maneira mais simples, eficiente e econômica de ter uma casa seca e saudável é impermeabilizar a obra desde o alicerce, é usar um impermeabilizante na massa de assentamento e de revestimento. Isso é mais eficaz do que uma pintura, pois, age dentro da massa e não superficialmente.

Corrigindo a umidade no rodapé.

1º Passo – Romper o reboco e tijolo acima do alicerce (baldrame, fundação) o mínimo possível, em partes intercaladas para que não prejudique a estrutura, esse rompimento deve ser vazado de um lado para o outro (de fora para dentro ou de dentro para fora).

2º Passo – Utilizar 2 Kg de REBOTEC para 20 Kg de argamassa pronta para reboco ou assentamento. Se não possuir argamassa pronta para reboco, utilizar o seguinte traço, 1 lata/balde de cimento, 4 kg de REBOTEC, mais agregados conforme o profissional da obra indicar, desde que siga a respectiva NBR, para reboco ou assentamento. Obs: não utilizar outros aditivos impermeabilizantes ou plastificantes em conjunto com o Rebotec.

3º Passo – A mistura precisa ser feita por fricção mecânica por meio de uma betoneira ou batedor mecânico (ex: batedor de argamassa adaptado para furadeira) até que fique uma mistura homogênea.

4º Passo – Preencher todo o espaço utilizando a mistura acima e fazer o acabamento de reboco com o mesmo.

Como acabar com problema de umidade?

Quem nunca se deparou com um problema de umidade?
O aparecimento da umidade pode ser resultante de um cano rachado, um vazamento qualquer na parede ou em diferentes estruturas, ou até mesmo proveniente da água da chuva e da água acumulada no próprio solo.

A umidade é um problema muito grave porque não afeta as superfícies. Em caso avançado pode haver a perda da pintura, o aparecimento de ferrugem, quedas de rebocos e até mesmo acidentes estruturais. Sem falar em problemas de saúde. Pois é aonde tem umidade o local propício para o crescimento de mofo e de bolor.

Principais doenças causadas pelo mofo e bolor

Os esporos produzidos pelo mofo e que pairam pelo ar podem criar quadros alérgicos e de rinite, agravar a asma, causar tosse seca, dores de cabeça e transmitir bactérias que levam a infecções. Casos de pneumonia também podem ser desencadeados em pessoas que convivem em locais onde há a incidência de bolor.

Da mesma forma, a pele é afetada pelos esporos que pairam no ar, desencadeando alergias tópicas. Similarmente, problemas oculares estão entre os danos do emboloramento de superfícies causado pela umidade. Os esporos causam coceiras, irritação e alergias nos olhos.

Situações críticas para o aparecimento de umidade

Umidade de condensação

A umidade do ambiente se deposita nas superfícies das edificações, causando mofo e bolor ou intensificando quadros de umidade aparente já existentes.

A forma de prevenir esse tipo de umidade é utilizando impermeabilização de qualidade no ato da construção da casa. A elaboração do projeto também deve ser feita no sentido de criar espaços com boa circulação de ar, prevendo essa característica em locais mais úmidos ou tropicais.

Locais onde há muita chuva

Em lugares onde há muita chuva, a incidência de infiltrações e umidade em paredes e outras estruturas tende a ser maior. Cuidados na elaboração do projeto e em processos de impermeabilização devem ser tomados. Além disso, a manutenção de fachadas e lajes deve ser redobrada.

Umidade do solo

A umidade por capilaridade, pode afetar diferentes estruturas da casa ou edifício. Alguns solos contêm naturalmente mais água e outros tendem a acumular a água que vem da chuva. É preciso ficar atento à condição do terreno, a fim de tomar medidas que possam evitar vazamentos ou umidade na região interna da construção.

Como evitar a umidade de uma vez por todas

  • Invista em Rebotec Impermeabilizante na construção. Materiais duvidosos favorecem o aparecimento de umidade, principalmente em fachadas e coberturas.
  • É fundamental que todas as etapas para a construção (projeto e execução) e manutenção de uma casa sejam cuidadosamente vistas e revistas. Somente isso vai garantir que vazamentos ou a umidade indesejada não apareçam. Calhas e telhados mal executados, por exemplo, podem causar vazamentos, que, por sua vez, geram umidade.
  • Regiões tropicais são mais sujeitas ao aparecimento de umidade. Isso porque, quanto mais umidade, melhor para o desenvolvimento dos fungos, e nesses locais, a própria umidade do ar já favorece o aparecimento. Por isso, o cuidado deve ser maior na projeção, impermeabilização e manutenção dos elementos da construção nessas áreas.
  • A utilização de um desumidificador em quartos sem sol pode ser uma aliada na prevenção de umidade em paredes ou janelas.
  • Mantenha o espaço SEMPRE arejado, com as janelas abertas sempre que possível. Caso haja a utilização de ar condicionado constante, mantenha os filtros limpos e utilize desumidificadores de ar.
  • Tente não acumular objetos que dificultem a limpeza. Pelo mesmo motivo, tente deixar espaço entre os móveis para que o acesso seja fácil. Essa atitude também ajuda a circulação do ar em todo o espaço.

Impermeabilização: grande aliada contra umidade

Impermeabilizar é a primeira e melhor forma de se ver livre antecipadamente de problemas de umidade, já que protege a edificação de vazamentos e de toda sorte de acúmulo de água que possa afetar superfícies e elementos internos da construção.

Para se prevenir ainda mais, você precisa prestar atenção a alguns detalhes que impactam na escolha em relação à impermeabilização. Anote aí:

  • Alguns locais exigem impermeabilização com materiais distintos, pois são localidades muito específicas, como lajes e vigas internas.
  • Rebotec está no mercado para eliminar de vez todos os problemas. REBOTEC® é um aditivo em pó para impermeabilizar concretos e argamassas. REBOTEC® reage com o cimento durante o processo de hidratação, dando origem a substâncias minerais que bloqueiam a rede capilar, proporcionando uma elevada impermeabilidade ao concreto ou argamassa.