REBOTEC é um aditivo em pó para impermeabilizar concretos e argamassas. REBOTEC reage com o cimento durante o processo de hidratação, dando origem a substâncias minerais que bloqueiam a rede capilar, proporcionando uma elevada impermeabilidade ao concreto ou argamassa.

O revestimento com REBOTEC tem grande durabilidade. Sua ação não diminui com o tempo, isto é, seu efeito é permanente.

Sim, pois ele é isento de cloretos, o que permite sua utilização em concreto armado e protendido.

O REBOTEC além de ser uma solução definitiva em impermeabilização, seu custo em relação a outros produtos do mercado se torna quase 50% mais barato. Além de sua aplicação ser simples e fácil, podendo ser aplicado por pessoa sem conhecimento técnico.

REBOTEC pode ser misturado ao cimento, argamassa, rejunte e acabamentos como texturas e grafiatos entre outros.

Não é aconselhável misturar REBOTEC com tinta, selador, massa corrida ou similar, pois pode alterar a textura e a cor da tinta utilizada. Rebotec é um aditivo que reage com cimento, se não houver cimento não haverá reação.

A mistura precisa ser feita por fricção mecânica, de preferência por meio de uma betoneira ou batedor mecânico (ex: batedor de argamassa adaptado para furadeira) até que fique uma mistura homogênea.

Não. Pois sua formulação é feita a base de produtos minerais.

Levar em consideração a cura normal dos materiais adicionados. Ex.: cimento cura total de 20 à 30 dias, argamassa de 15 à 25 dias.

Qualquer formulação cimentícia pode ser utilizado com REBOTEC.
Qualquer formulação cimentícia pode ser utilizado com REBOTEC.

Não. Pois sendo REBOTEC um produto mineral, e entrando em contato com outro produto mineral agressivo, ele poderá perder a sua eficácia.

Sim, pois o REBOTEC segue a norma NBR 13749 (ABNT, 1996) prescreve que o revestimento de argamassa deve apresentar textura uniforme, sem imperfeições, tais como: cavidades, fissuras, manchas e eflorescência, devendo ser prevista na especificação de projeto a aceitação ou rejeição, conforme níveis de tolerâncias admitidas.

Não, pois ele é apenas um aditivo de impermeabilização, não tem efeito sobre MPA ou KGF do concreto ou argamassa.

Não. Pois seu PH após a cura é neutro, não alterando o PH da água.

Estocar o produto em local coberto, fresco, seco, ventilado e fora do alcance de crianças, animais e longe de qualquer fonte de calor.